cartaz3

As metas para a educação no pós-2015 e os desafios da educação brasileira

Garantir educação primária gratuita e de qualidade para todos e todas até 2015. Esta é uma das metas com a qual o governo brasileiro se comprometeu ao assinar o compromisso Educação Para Todos (EPT).

Apesar de ter universalizado a educação fundamental em termos de acesso, com 98,2% das crianças entre 6 e 14 anos matriculadas, a taxa de distorção idade-série ainda é alta, com 22% das crianças com mais de 2 anos de atraso em relação à série proposta para sua idade. Se considerarmos a legislação nacional que estabelece que a educação básica obrigatória vai dos 4 anos 17 anos, o país está longe de cumprir a meta. Hoje, 2,9 milhões de crianças e adolescentes nesta faixa estão fora da escola, segundo dados da Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios (Pnad), e apenas 54% da população entre 15 e 17 anos está matriculada no ensino médio.

Em maio e em setembro deste ano serão acordadas as novas metas Educação Para Todos e os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para o período entre 2015 e 2030. Quais metas estarão em jogo? Como garantir seu cumprimento? Essas e outras questões serão debatidas no seminário “As metas para a educação no pós-2015 e os desafios da educação brasileira”, participe!

 

Inscrições pelo site: http://goo.gl/xvAvYF

Participe do debate Desafios da Conjuntura – as metas para a educação no pós-2015 e os desafios da educação brasileira

01/04/2015, das 19h às 22h

Auditório da Ação Educativa (Rua General Jardim, 660)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>