Conferencia nacional

Conferência Nacional “2003-2013: Uma nova política externa”

Conferência Nacional “2003-2013: Uma nova política externa” reuniu centenas de participantes durante seus três dias de atividades

 Entre 15 e 18 de julho, representantes de organizações da sociedade civil, pesquisadores, estudantes, ativistas e representantes do governo se reuniram no campus da Universidade Federal do ABC, em São Bernardo do Campo, para participarem da Conferência Nacional “2003-2013: Uma nova política externa”, organizada pelo Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais (GRRI).

O grupo é formado por intelectuais, pesquisadores e lideranças sociais, sindicais e políticas que se reúnem periodicamente para refletir sobre os acontecimentos relacionados às relações internacionais e à politica externa brasileira; a Ação Educativa compõe o grupo através da participação da sua unidade internacional.

A Conferência buscou refletir sobre a política de relações exteriores do Brasil nos últimos 10 anos, em um mundo pautado por aguda crise econômica, por importantes mudanças geopolíticas e enfraquecimento dos organismos multilaterais e, ao mesmo tempo, pelo estabelecimento de novas parcerias políticas, econômicas e culturais por parte do governo brasileiro.

Ao longo dos três dias de conferência houve 21 encontros entre palestras, debates e oficinas. A abertura da Conferência contou com a participação do Embaixador Antônio Patriota, ministro das Relações Exteriores. Nessa ocasião, os organizadores encaminharam ao governo uma carta reivindicando “a criação de um órgão institucional permanente de consulta, participação e diálogo sobre a política externa brasileira”. O ministro, por sua vez, manifestou, em seguida, a disposição do Itamaraty em criar, até o final deste ano, um organismo consultivo sobre a política externa brasileira, reunindo o governo e representantes da sociedade civil. De acordo com o ministro Patriota, o futuro organismo será um “campo permanente de diálogo com a sociedade civil em relação à política externa”.

Participaram também da Conferência o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, o assessor-chefe da Assessoria Especial da Presidenta da República Marcos Aurélio Garcia, o embaixador Celso Amorim, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos Maria do Rosário, e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que encerrou o ciclo de atividades da Conferência.

Em sua fala, disponível da íntegra no site do GRRI (http://www.conferenciapoliticaexterna.org.br/index.php/videos/video/ex-presidente-lula-fala-sobre-politica-externa-na-conferencia-2003-2013), o ex-presidente fez um balanço da política externa realizada desde seu primeiro mandato, marcada pela priorização da cooperação sul-sul para o desenvolvimento, ampliação das relações com a África, América Latina e países Árabes, e a inclusão do combate à fome como parte primordial da agenda. Ao encerrar sua fala, Lula enfatizou a importância da política e pediu aos jovens que, mesmo quando estiverem insatisfeitos, para não negarem a política, nas palavras do ex-presidente, “é dentro de cada um de vocês que está o político perfeito que vocês querem que os outros sejam, assumam esse papel”.

A programação completa da Conferência, assim como resumos das mesas, artigos, vídeos e outras informações estão disponíveis no site do Grupo http://www.conferenciapoliticaexterna.org.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>