Políticas Públicas de Juventude e Participação
Juventude na Cena - Editorial PDF Imprimir E-mail
Por Administrator   
Qui, 22 de Dezembro de 2011 00:00

A cidade de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, tem consolidado iniciativas e programas voltados especialmente aos jovens, como a Virada Cultural, que propicia acesso a shows e espetáculos gratuitos, além de promover a circulação dos jovens pela cidade; o Programa de Valorização de Iniciativas Culturais – VAI, que apoia projetos culturais de grupos juvenis; e o Centro Cultural da Juventude – CCJ, que se apresenta como um equipamento exemplar destinado aos jovens produtores de cultura.

No entanto, a cidade continua muito desigual quando discutimos o acesso à fruição e à produção cultural. O avanço na efetivação dos direitos dos jovens à cultura ainda é tímido, principalmente quando abordamos a dimensão da participação nas políticas. Os jovens não só fruem Cultura, mas também produzem Cultura e para isso cada vez mais reivindicam e demandam políticas públicas de Cultura, ao mesmo tempo em que criam e se apropriam de espaços para realizá-la.

É a partir dessa constatação que o boletim Juventude na Cena nº 14 procura apresentar um pequeno panorama das políticas e das questões relacionadas à produção, acesso e formas de apropriação dos espaços nos quais essa Cultura ganha vida nas mãos dos jovens. Iniciamos com uma reportagem que avalia as políticas públicas em curso com base nas experiências e opiniões de jovens ativistas envolvidos no tema.

Apresentamos também um artigo sobre espaços culturais da periferia, que nos traz uma reflexão sobre as estratégias utilizadas pelos grupos juvenis para realizarem suas atividades nas “quebradas” desprovidas de equipamentos públicos adequados e acessíveis à produção cultural.

Trazemos a trajetória de uma rede de coletivos de jovens, a Rede Livre Leste, que nos provoca com suas reflexões e questionamentos sobre as políticas públicas de cultura voltadas aos jovens.

Por fim, uma entrevista com a socióloga Helena Abramo que, no contexto da efervescência de uma produção cultural juvenil, analisa as relações que os jovens têm estabelecido com a idade e com as políticas públicas culturais. Boa leitura!

Última atualização em Seg, 30 de Janeiro de 2012 16:30
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar